Wednesday, 4 April 2018

técnicas de decoração de cerâmicas : Vidrados


Como aplicamos os vidrados  nas nossas peças cerâmicas? 

Por Vidrados entende-se 

  " uma camada ou revestimento numa substância vítrea, aquecida de modo a fundir-se com um objecto cerâmico com finalidade decorativa.

 Os vidrados cerâmicos geralmente contêm sílica na formação do vidro, combinada com uma mistura de óxidos de metal como sódio, potássio e cálcio, que agem como fundente e permitem ao vidrado fundir-se a uma designada temperatura; assim como alumina com a função de endurecer o vidrado e evitar que escorra da peça; corantes como óxido de ferro, carbonato de cobre; e por vezes opacificantes como óxido de estanho ou oxido de zircónio."
                                                                                                     wikipedia


em primeiro lugar  não esquecer que  o tratamento e a boa preparação são as condições essenciais para obter bons resultados por isso temos que ter atenção:
  •  capa aplicada
  • o modo de aplicação 
  • a temperatura da cozedura
  • a curva da cozedura
  • a cor do barro
  • a composição do barro  

Vidrados em pó podem ser armazenados quase sem limite temporal. Mas muitos são feitos de base alcalina e/ou boratada. Em estado líquido podem formar cristalizações. 
É melhor liquefazer somente quantidades que são gastas num curto prazo de tempo.

Ao juntar água ao vidrado vamos poder dar cor e brilho a uma peça de barro, transformá-la, dar-lhe vida!



 Modo de Aplicação:

  • com pincel
  • mergulhar (mais água e mais material)
  • pistola   ( Aerógrafo)



Dicas para as cozeduras


Chacotear (Chacota)


Deixar secar bem a chacota num sítio sem corrente de ar e não ao lado de um equipamento de aquecimento . Depois vai ao forno a cozer, este com capacidade até 1200ºC.
1.ª rampa 100ºC./hora até 600ºC.
2.ª rampa até 950ºC. com capacidade máxima.
Patamar (manter a temperatura máxima): 20 min.
Arrefecimento normal sem intervenção.


Vitrificar

Deixe secar bem o vidrado.
1.ª rampa: 180ºC./hora até 450ºC.
2.ª rampa: com capacidade máxima a temperatura final.
Patamar: 30 min.
Arrefecimento normal sem intervenção. 




 Voilá, está pronta a nossa bonita peça cerâmica 
que se transforma num bonito e moderno candeeiro de mesa!



Atenção: Não esquecer que para terem este candeeiro na vossa consola ou mesa de cabeceira
 alguém teve que o pensar, desenhar, moldar, vidrar  e cozer :) Obrigada pela atenção.



No comments:

Post a Comment